Presidente Governador Senador Deputado Federal Deputado Estadual

Quem não fez biometria pode votar?


Depende. O eleitor que mora em uma cidade onde a biometria é obrigatória e não fizer o recadastramento corre o risco de ter o seu título cancelado e de não conseguir votar nas eleições.

Se a realização da biometria ainda não estiver finalizada no seu estado, é possível votar sem ter feito o recadastramento.

Mas é importante que você agende a biometria no cartório eleitoral da sua zona eleitoral a o mais rápido possível, para garantir que esteja em dia com a Justiça Eleitoral.

Como o recadastramento está sendo implantado aos poucos é preciso verificar a situação do seu local de voto. Se você ainda não fez ou não sabe se precisa fazer a biometria, deve entrar em contato com cartório eleitoral da zona onde vota.

Como saber se preciso fazer a biometria

Para saber se você deve fazer a biometria, vá até o cartório da sua zona eleitoral ou consulte o endereço no site do TSE.

Para agilizar os atendimentos, alguns estados fazem o pré-atendimento eleitoral pela internet. Para agendar siga os seguintes passos:

  1. acesse a página do “Título Net” no site do TSE;
  2. clique em "Iniciar requerimento";
  3. preencha todos os dados pessoais solicitados;
  4. insira o texto que aparece na imagem;
  5. clique em “Confirmar”.

Depois de terminar o preenchimento dos dados solicitados será gerado um número de protocolo e o eleitor terá até 5 dias para ir à unidade de atendimento da Justiça Eleitoral na data agendada. É preciso levar o protocolo gerado e os documentos necessários.

Se o eleitor não comparecer em 5 dias o pedido será anulado e será necessário fazer um novo agendamento. 

 Os prazos para fazer o agendamento e a biometria são decididos em cada cidade. Por isso, é muito importante que você consulte a sua zona eleitoral para saber se precisa fazer o recadastramento biométrico.

Como fazer o recadastramento biométrico

Para fazer a biometria, vá até o cartório eleitoral onde está inscrito e leve os seguintes documentos:

  • documento de identificação original: carteira de identidade (RG), certidão de nascimento, certidão de casamento (quando casado), carteira de trabalho ou carteiras expedidas por órgãos estabelecidos por de leis federais (OAB, CRM, CREA etc);
  • comprovante de residência no nome do eleitor (original e recente);
  • comprovante de quitação do serviço militar (apenas para os maiores de 18 anos do sexo masculino).

Veja também