Presidente Governador Senador Deputado Federal Deputado Estadual

Pesquisa Eleitoral Rio Grande do Sul 2018


Governador - Instituto Index (julho/2018)

A pesquisa estimulada divulgada apontou o atual governador do estado José Ivo Sartori em primeiro com 24,1% das intenções de voto. Em segundo lugar aparece Miguel Rosseto com 11,3%.

CandidatoIntenções de Voto
José Ivo Sartori (MDB)24,1%
Miguel Rossetto (PT)11,3%
Jairo Jorge (PDT)10,4%
Eduardo Leite (PSDB)6,4%
Roberto Robaina (PSOL)2,9%
Abigail Pereira (PCdoB)2,5%
Luis Carlos Heinze (PP)1,6%
Mateus Bandeira (NOVO)0,3%
Branco/nulo8,3%
Não sabe30,7%
Sem resposta1,6%

Rejeição

Na pesquisa do índice de rejeição aos candidatos a governador, José Ivo Sartori aparece como o mais rejeitado com 28%, seguido por Miguel Rossetto com 9,2% e Abigail Pereira com 8,7%.

A seguir aparece Eduardo Leite com 7%, Jairo Jorge com 4,6% e Mateus Bandeira e Roberto Robaina com 3,4% cada um. Luiz Carlos Heinze foi rejeitado por 3,3% dos entrevistados.

7,9% respondeu que não rejeita nenhum dos candidatos, 20,7% não sabe e 3,9% não respondeu à pergunta.

Dados da pesquisa

A pesquisa foi realizada entre os dias 16 e 21 de julho de 2018. Foram entrevistados 1217 eleitores em 30 cidades. A margem de erro considerada é de 2,9 pontos percentuais para mais ou para menos.

Pesquisa feita pelo Instituto Index, registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o protocolo RS-00264/2018.

Governador - Instituto Methodus (junho/2018)

Na pesquisa estimulada para governador do Rio Grande do Sul José Ivo Sartori aparece em primeiro com 17,5% das intenções de voto, seguido por Jairo Jorge com 10%.

CandidatoIntenções de Voto
José Ivo Sartori (MDB)17,5%
Jairo Jorge (PDT)10%
Miguel Rossetto (PT)8,1%
Eduardo Leite (PSDB)8%
Luis Carlos Heinze (PP)5,1%
Roberto Robaina (PSOL)3,7%
Mateus Bandeira (NOVO)2,1%
Abigail Pereira (PCdoB)1,3%
Branco/nulo22,6%
Não sabe21,6%

Pesquisa espontânea

Na pesquisa espontânea José Ivo Sartori foi citado por 5,2% dos eleitores, Eduardo Leite por 1,7% e Jairo Jorge por 1,2%.

Miguel Rossetto foi citado por 0,7% dos entrevistados, Roberto Robaina por 0,5%, Olívio Dutra por 0,3%, Mateus Bandeira por 0,2% e Luis Carlos Heinze e Beto Albuquerque por 0,1% cada um.

75,8% dos eleitores não soube citar um candidato e 14,2% disse que votaria em branco ou nulo.

Segundo turno

Em um segundo turno entre Jairo Jorge e José Ivo Sartori, Jairo teria 38,1% dos votos e Sartori teria 26,5%. Votos brancos e nulos seriam 23% e 12,4% dos eleitores não sabem em quem votar.

Entre Miguel Rossetto e José Ivo Sartori, Rossetto teria 33,1% dos votos e Sartori teria 29,7%. 25% dos eleitores votaria branco ou nulo e 12,2% não soube responder.

Em uma disputa entre Eduardo Leite e José Ivo Sartori, Eduardo teria 32,1% dos votos e Sartori teria 27,4%. Votos brancos e nulos seriam 27,6% e 12,9% dos eleitores não soube responder.

Em um segundo turno entre Luis Carlos Heinze e José Ivo Sartori, Heinze seria eleito com 29,2% dos votos e Sartori teria 27,1%. Os votos brancos ou nulos seriam 29,5% e os eleitores indecisos seriam 14,2%.

Entre Jairo Jorge e Miguel Rossetto, Jairo receberia 35,1% dos votos e Rossetto receberia 20,5%. 26,7% dos eleitores votariam nulo ou em branco e 17,7% não soube dizer em quem votaria.

Na disputa entre Jairo Jorge e Eduardo Leite, Jairo teria 35,5% dos votos e Eduardo teria 21,4%. 25,8% dos eleitores respondeu que votaria em branco ou nulo e 17,3% não soube responder.

Em um segundo turno entre Eduardo Leite e Miguel Rossetto, Eduardo teria 30,3% dos votos e Rossetto teria 24,8%. Votos brancos ou nulos seriam 27% e os eleitores indecisos seriam 17,9%.

Rejeição

Na pesquisa do índice de rejeição aos candidatos, José Ivo Sartori aparece como o mais rejeitado com 47,7%, seguido por Miguel Rossetto ficou com 24,6%.

Abigail Pereira é rejeitada por 17,1%, Roberto Robaina por 16,6%, Eduardo Leite por 16,2%, Jairo Jorge por 15,9%, Luis Carlos Heinze por 15,7% e Mateus Bandeira por 14,3%.

27,2% dos eleitores disse que não rejeita nenhum candidato e 5,2% não soube responder.

Dados da pesquisa

A pesquisa foi feita entre os dias 19 e 25 de junho de 2018. Foram entrevistados 1000 eleitores em 25 cidades do Rio Grande do Sul. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Pesquisa realizada pelo Instituto Methodus, registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o protocolo RS-05933/2018. 

Governador - Paraná Pesquisas (junho/2018)

A pesquisa estimulada de intenção de voto para a eleição do governador do Rio Grande Sul apontou José Ivo Sartori com 28,3% das intenções de voto, seguido por Eduardo Leite com 10,8%.

CandidatoIntenções de Voto
José Ivo Sartori (MDB)28,3%
Eduardo Leite (PSDB)10,8%
Miguel Rosseto (PT)9,8%
Jairo Jorge (PDT)8,2%
Luis Carlos Heinze (PP)6%
Hermes Zaneti (PSB)2,9%
Abigail Pereira (PCdoB)2,7%
Roberto Robaina (PSOL)2,4%
Mateus Bandeira (NOVO)1%
Nenhum21,2%
Não sabe6,6%

Sem Hermes Zaneti

Nesse cenário José Ivo Sartori tem 28,7%, Eduardo Leite tem 11,2% e Miguel Rosseto tem 10,1%.

Jairo Jorge tem 8,4%, Luis Carlos Heinze 6,2%, Abigail Pereira 3,1%, Roberto Robaina 2,7% e Mateus Bandeira 1,2%.

22,1% dos eleitores respondeu que não votaria em nenhum dos candidatos e 6,5% não sabe em quem votar.

Sem Hermes Zaneti, Abigail Pereira, Roberto Robaina e Mateus Bandeira

Nesta simulação José Ivo Sartori ficou 29,9% e Eduardo Leite e Miguel Rosseto com 11,8% cada um.

Jairo Jorge ficou com 8,9% e Luis Carlos Heinze com 6,6%.

24% dos eleitores respondeu que não votaria em nenhum dos candidatos e 7,1% não sabe em quem votar.

Senador - Paraná Pesquisas (junho/2018)

Na simulação das duas vagas para o Senado Federal Ana Amélia tem 44,5% das intenções de voto e Paulo Paim tem 28,7%.

CandidatoIntenções de Voto
Ana Amélia (PP)44,5%
Paulo Paim (PT)28,7%
Germano Rigotto (MDB)22,3%
Alceu Collares (PDT)11,3%
Beto Albuquerque (PSB)10,5%
Sérgio Wais (NOVO)3%
Nenhum14,9%
Não sabe5,8%

Dados da pesquisa 

Pesquisa feita entre os dias 06 e 11 de junho de 2018. Foram ouvidos 1540 eleitores em 64 cidades. A margem de erro considerada é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa foi realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas e foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul com o número RS-01131/2018.